[Especial] Relato – Musical Werther com KyuHyun

Musical Werther com KyuHyun 

 

No dia de natal, 25 de dezembro tive o prazer de prestigiar Kyuhyun nos palcos como outra pessoa.
O local era pequeno e felizmente fiquei muito perto do palco e não pisquei para não perder nada.
Para quem não sabe, Werther é uma obra de Goethe, escrita na época do romantismo (e imagino que todos já tenham estudado) em forma de cartas do jovem Werther para um amigo desconhecido da qual nada sabemos (minha suposição: esse amigo não existe e ele mesmo fica com as cartas). Não terminei de ler o livro ainda por causa da correria do dia a dia, mas pelo que li, vamos lá:
A adaptação

O musical é corrido, cortaram várias coisas, mas para um musical a adaptação é boa, de verdade. Alguns momentos eram mais voltados para outros personagens e não apenas pelas visões do Werther, e achei isso legal pois não ficou chato e egoísta.
Foi meu primeiro musical na Coreia e a produção é linda de verdade, ótimo cenário, estilo, cores escolhidas, estética. Todas as músicas são uma graça. E os atores carismáticos.
A atriz que interpretou a Charlotte é ótima como atriz e como cantora. Sua voz com a do Kyu são muito harmoniosas.

Kyuhyun.
Kyuhyun sem duvidas evoluiu 100% como ator de musical se comparado com TTM, agora ele sabe fazer expressões faciais e demonstrar alguma emoção com o olhar. Como Werther ele se encaixou perfeitamente pois no inicio Werther é jovem, ama as artes, a vida, o belo, crianças, etc. Se encanta pela doçura de Lotte. Esta que demostra gostar muitooo dele.
Sua tristeza vem após conhecer o noivo dela. Ele meio que surta.
Se embebeda, então ele sabe fazer um bêbado muito bem, e foi muito fofo bêbado com a dona do bar. Era de cortar o coração mesmo. E mesmo magoado ainda sabia ser um bom amigo.
Ele tenta se recuperar ao viajar enquanto isso Lotte se casa, e outras coisas mudam.
Ele volta achando que esta bem, mas descobre que ainda ama a rapariga.
Então vai visita-la e percebe que nada mudou e também o quando ela sentiu a falta dele. Tenta beija-la e se torna sedutor nesta cena.
Mas com a recusa, pega a arma e tenta atirar no marido dela, não tem coragem, sem ter para onde fugir tenta se matar, mas é impedido.
Depois a trama se volta para um amigo do Werther, e é quando pulei duas vezes da cadeira assustada pq as armas faziam barulho mesmo e não estava preparada para isso.
Werther Kyu continua dando o melhor de si para ajudar quem ama, mesmo com o coração partido então é por isso que considero que Kyu soube fazer um Werther precioso.
Sobre as canções, várias são emocionantes e de tirar o folego. Kyu no musical é completamente diferente do que ele é como um cantor. Ele explora muito mais sua voz e o grau de dificuldade é maior. Fiquei arrepiada em várias canções, e algumas pessoas chegaram a chorar.
Só estando em um para entender, nem mesmo fancams sabem demonstrar isso.
Ele é ótimo, e um excelente profissional. Até na hora que beija a pequena Charllote em lágrimas, que eu diria que foi o fundo do poço para sua depressão.
Lotte e Werther, ambos sofreram, e há a tragedia do amigo do jovem, então a história que começou uma graça se torna triste e negra, para se encaixar na época romântica.
A última cena é marcante quando ele está pronto para atirar na própria cabeça.
É de aplaudir de pé, por todos atores, produtores e a orquestra.
No final Kyuhyun colocou o arquinho de rena e fez uma dancinha boba, deixando todos gritando por tanta fofura e preciosidade. Ele trabalha muito duro para deixar todos felizes. Gritou Merry Christimas e foi-se embora, com aplausos e gritos ensurdecedores.
Fui novamente tentar entregar o presente para ele mas eram muitas fãs. MUITAS fãs mesmo. Principalmente ajumas acima de 40 anos. Todas amam ele e eu adoro elas, incluindo uma Ajuma com o marido e mais de 50 anos, pronta pra tirar fotos do Kyu indo embora. Vi nela, meu futuro.
Fiquei de uma escada o vendo partir e uma staff tirou todos da escada, mas eu não sai pois eu sou eu. No final, ele me deu o mais precioso presente inesperado que eu poderia ganhar ao olhar para mim, então acenei para ele e ele acenou de volta. Um sorriso singelo e uma ~Lo13ely~frenetica que não se aguentou em pé ali naqueles segundos.
Foi um dia magnifico e entrou para um dos melhores dias da minha vida.
Dia 16 de janeiro o encontrei novamente, aqui na minha universidade, prestigiando mais uma vez, Esse incrível e jovem Werther, como todo amor do mundo, onde mais descansado, emocionou e encantou com mais poder. Este rapaz nasceu para brilhar e ser amado por todos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s