De 10.02.14 OhmyStar entrevista Kyuhyun

OhmyStar entrevista Kyuhyun

“Por minha causa, a atuação de ídolos em musicais foi notada novamente.”

Kyuhyun do Super Junior já atua nos palcos de musicais há 4 anos. Mas ele nunca atuou em um musical produzido de modo criativo antes. Para Kyuhyun, que atuou em “The Three Musketeers” e “Catch Me If You Can” (Broadway/musical licenciado), “The Moon That Embraces The Sun” é seu primeiro musical produzido.
Além disso, nessa produção, Kyuhyun tem que deixar sua prévia imagem brilhante e animada e entrar no desafio do papel de Lee Hwon, com imagem uma trágica e séria, às vezes tendo que ser um cara mau em frente de sua amada. Quais são as reações dos fãs de Super Junior em relação às habilidades de atuação de Kyuhyun? Nós encontramos com ele, que interpreta Lee Hwon, no dia 7 de fevereiro no Centro de Artes de Seoul.

“Cantar com emoção tem me ajudado a atuar em musicais”

-Tem uma frase em inglês, “ten to ten” usada em musicais, que significa praticar das 10 horas da manhã às 10 da noite. Quando Kyuhyun estava atuando em sua primeira produção “The Three Musketeers”, este ”ten to ten” foi muito importante.

“Eu atuei em “The Three Musketeers” por 4 anos. Eu me esforcei muito mais porque era minha primeira vez em um palco de musical. Quando os outros membros do Super Junior estavam ocupados com seus trabalhos solos, eu pude mergulhar no treino de musical. Em 2010, o estúdio de treino para o meu primeiro musical era perto da minha casa. Eu tinha medo de ser reconhecido, eu vestia um boné e óculos escuros e andava de metrô até o lugar.”

-Kyuhyun sempre havia atuado em musicais licenciados (com um formato fixo), esta é sua primeira vez aceitando o desafio de atuar em um musical produzido de modo criativo. Qual é a maior diferença?

“Eu não sabia que tinha esta grande diferença entre esses dois tipos de produções antes. Quando os produtores do musical falaram sobre a importância e dificuldades de produção, eu ainda não tinha certeza quais eram as partes difíceis. Só depois de “The Moon That Embraces The Sun” que eu entendi exatamente o quão difícil é um musical produzido assim. Numa produção licenciada, há expectativas fixas para os atores. Mas em um musical produzido, o papel e a história mudam de acordo com o jeito que o ator interpreta seu papel. Felizmente, eu recebi bastante ajuda dos seniors na minha primeira performance.”

-Como o musical “Song-Through” que foi apresentado inteiramente sem palavras e apenas músicas, “The Moon That Embraces The Suns” também tem muitos componentes musicais, parece até que foi para evidenciar os talentos dos cantores-transformados-em-atores-de-musicais.

“Eu ainda acho que não conseguiria se me fosse pedido para atuar em um drama. Mas afortunadamente, é um musical. Durante a primeira apresentação de “The Three Musketeers”, eu acho que minha atuação era impossível de assistir. Durante minhas práticas habituais, eu treinava muito como por emoção no meu canto. Foi muito útil para mim. Eu agora consigo cantar com mais segurança como outros atores de musical. Quanto mais emoção você passar por meio da músicas, o melhor será. Durante as práticas , eu trato Eom Kijoon hyung como minha inspiração e achei muitos bons exemplos nele. E decidi não perder para ele, pelo menos em relação a cantar.”

“Nenhuma pressão em ser comparado ao Kim Soohyun que atua bem”

-Tendo apenas atuado como Frank em “Catch Me If You Can” e D’artagnan em “The Three Musketeers” até agora, você já deve ter acostumado com as transformações de personagem. A nova personagem Lee Hwon apresentou um novo desafio na atuação em musicais.

“As personagens que eu interpretei antes eram mais inocentes/ingênuas e brincalhonas, com um pouco de profundidade. Mas como Lee Hwon, a porção “profundidade” ficou muito mais importante. Minha imagem original é animada e inocente/ingênua. E eu realmente estou mais acostumado com ela. Atuar melancólico e atormentado não é fácil. Quando de bom humor, eu tive muitas dificuldades em pensar como apresentar uma emoção de coração pesado. Atuar em cenas emotivamente trágicas foi um grande teste para minhas habilidades de atuação.”

-Dentre todos os musicais em que Kyuhyun atuou, a personagem de Lee Hwon foi que recebeu mais comparações. Tinha que ser o Lee Hwon que Kim Soohyun interpretou no drama. Parece que você se esforçou muito para não apagar-se em comparação ao papel que Kim Soohyun interpretou.

“Kim Soohyun tem a mesma idade que eu, eu sei que ele tem ótima habilidades de atuação desde muito novo. ‘A atuação de Kyuhyun não é ruim. Mas olhando para a atuação de Kim Soohyun e depois a para a de Kyuhyun, parece ter algo faltando levemente. ‘ Eu li comentários como este também. Eu não fiquei estressado lendo-os, pelo contrário, eu fiquei orgulhoso de poder ser comparado a alguém da mesma idade e com fortes habilidades de atuação como Kim Soohyun. Quando eu o assisti atuar, fiquei muito impressionado. E comecei a pensar ‘Por que ele fez uma expressão como aquela?’ ou ‘Por que ele manifestou tal emoção?’ e ganhei algumas dicas em fazendo isso tão atenciosamente. Mesmo tendo dito isso, eu também não quero imitar Kim Soohyun em minha atuação.”

-Depois de ter atuado em alguns musicais, eu pareço ter desenvolvido a habilidade de escolher papéis apropriados para mim e como consegui-los.

“As versões de Lee Hwon de (Kim) Dahyun-i hyung e (Jeon) Dongsuk-i são levemente diferentes. Lee Hwon foi o que recebeu muitos mimos do primeiro rei de Joseon, ele não tinha medos no mundo e cresceu agradavelmente. Quando o rei faleceu, Lee Hwon tinha em torno de 22, 23 anos. Mesmo que ainda fosse jovem, ele tinha que conservar sua dignidade para não ser subestimado por seus subordinados. Mesmo com um coração aberto, ele era alguém solitário sem ninguém que ele podia confiar a seu lado. Lee Hwon era uma pessoa forçada a parecer forte.”

-Lee Hwon teve de fingir ser uma cara malvado em frente à mulher que ama.

“Comparando ao amor carinhoso que Yang Myung tinha, o de Lee Hwon era insensível. Yeon Woo era uma mulher que fez todos os homens se apaixonarem por ela. E Lee Hwon quer tornar Yeon Woo, uma pessoa como ela, em um amor só dele. Lee Hwon é um homem que quer ter tudo. Há o drama “Lovers in Paris” em que Lee Dong Gun e Park Shin Yang atuaram. Nele, Park Shin Yang cobiçou a posse da companhia, mas também queria o amor de Kim Jung Eun. Enquanto Lee Dong Gun apenas queria um amor feliz junto de Kim Jung Eun. “Moon That Embraces The Sun” e “Lovers in Paris” são parecidos nesse aspecto.”

“Na cena de beijo com Seohyun, parecia que eu queria me jogar nela.”

-Como um oppa da mesma empresa, eu me sinto orgulhoso do debut de Seohyun como atriz de musical.

“Originalmente, Seohyun debutaria no mundo dos musicais em “The Three Musketeers”, mas eu me lembro de, na época em que atuava nele, brincar com os hyungs de “The Three Musketeers” e “Jack The Ripper”, Ahn Jaewook hyung, Eom Kijoon-i hyung e Shin Seungwoo hyung que “SNSD devem ser protegidas em nível nacional.” Tem cenas de beijos no musical e cenas em que temos que nos adaptar rapidamente e continuar com a mudança de palco. Terá uma piada no coração dos senhores que são fãs de Seohyun e querem protegê-la. Mas Seohyun ainda queria debutar em um musical. SNSD já tinha algumas integrantes que haviam atuado em musicais. Já cantei duetos com Seohyun antes e agimos como um casal em um vídeo de música também. Eu estou orgulhoso de seu debut musical.”

-Como foi sua cena de beijo com Seohyun?

“Não foi só eu quem praticou a cena de beijo. Seohyun também havia com Dahyun-i hyung e Songsuk-i. Seohyun estava preocupada com ‘simplesmente beijar assim.’ E também tinha aquele ‘todas as cenas de beijo com oppa vão se tornar discussões’. Não é como nos outros musicais que a cena de beijo dura muito tempo. É apenas um beijo de um segundo nos lábios e depois correr timidamente da cena. Eu acho que uma cena rápida assim é ok. De todo modo, na minha cena de beijo com Seohyun, se você não assistir ao vídeo promocional, apenas olhar as fotos, parecerá que eu quero me jogar nela após o beijo. O que as fotos mostram é o total oposto do que originalmente gostaríamos de representar.”

-Comparando a primeira apresentação de Seohyun com a de Kyuhyun de quatro anos atrás.

“Minha primeira performance e a dela não podem ser comparadas. Ela atuou muito bem. Naquela época, o diretor Wang Yong Bum me deu um treinamento muito intenso. Desde o modo em que eu permanecia em pé, andava, falava e etc, ele pessoalmente me ensinou tudo, um por um. Eu fui o primeiro ídolo cantor que trabalhou com o diretor Wang. E foi por minha causa que ídolos cantores (que se tornaram atores de musical) receberam atenção positiva. De todo modo, comparando comigo, Seohyun já havia atuado em um drama, então não era sua primeira vez desafiando a atuação. Os outros atores de “The Moon That Embraces The Sun” não tiveram nenhuma crítica ruim. Olhando para isso desse modo, Seohyun também recebeu muitos elogios. De um ponto de vista de atuação, não há nenhuma falha. É por isso que digo que minha primeira performance há quatro anos não pode ser comparada a dela. Seohyun foi muito boa.”

-Você já ajudou a Seohyun quanto a atuação dela?

“Eu estava muito nervoso em relação as partes de atuação em “The Moon That Embraces The Sun” e estive muito inquieto por conta disso. Na agenda, não tenho muitas colaborações com Seohyun, mas tenho bastante com as outras atrizes. Então o tempo que passei praticando com as outras atrizes foi maior. Dahyun-i hyung e Dongsuk-i ajudaram bastante a Seohyun. Eu só dei algumas dicas de como se adaptar rapidamente como uma atriz novata.”

“Depois de atuar em um musical por 4 anos… Nada é impossível”

-Como a posição de rei é muito solene para Lee Hwon em “The Moon That Embraces The Sun”, os fardos de ser um ídolo também são pesados para Kyuhyun, comparando com pessoas da mesma idade.

“Na verdade, além de não poder sair com liberdade, eu não sinto que o fardo de ser um ídolo é pesado. Por ter debutado com uns 20 anos, ainda mantenho contato com meus amigos do ensino fundamental e médio. Não sou como os seniors Seo Taiji e HOT que tomaram a estrada de segredos. Eu saio com meus amigos para restaurantes, então não posso ser comparado a Lee Hwon.”

-Ao pisar no palco do musical, a presença de palco de um ídolo também é avaliada. Comparando ao “The Three Musketeers” de 4 anos atrás, como você avaliaria sua própria presença de palco?

“Quando eu debutei, eu não conseguiria sem a ajuda dos seniors. Reciprocamente, em “The MoonThat Embraces The Suns”, tem um pouco de ajuda que pode ser dada aos papéis. Se eu tivesse debutado em “The Moon That Embraces The Sun”, eu provavelmente teria falhado. Mesmo que eu não esteja fazendo um trabalho maravilhoso agora, eu melhorei muito.”

-Qual é a resposta dos fãs internacionais depois de verem “The Moon That Embraces The Sun”?

“Muitos fãs internacionais vieram assistir ao musical. Mas “The Moon That Embraces The Sun” não é um musical moderno e sim de época. Honestamente, alguns dos diálogos são difíceis de entender até para coreanos nativos. Mesmo que os fãs internacionais possam ter estudado corenao, ainda deve haver partes que infelizmente não dão para entender. É uma pena que não há legendas, eu me sinto pesaroso.
Quando os fãs internacionais deixam comentários depois de me assistirem, muitos dizem que combino com as roupas. E muitos também falaram que eu fico fofo e bonito ao mesmo tempo. Até agora, muitas pessoas disseram gostar da minha atuação. Alguns fãs que não assistiram ao musical disseram que a história é difícil de acompanhar, mas que puderam entender melhor o conteúdo do musical após lerem o prólogo. Também tem os que assistiram ao musical algumas vezes e gostam por causa de meu esforço.”

-Fazendo as atividades com Super Junior enquanto faz musicais. Kyuhyun, você conseguia se imaginar nesta posição quatro anos atrás?

“Musicais têm recebido muito mais atenção. Há muito mais ídolos cantores nos palcos de musicais. Quando eu debutei, não haviam muitos. Naquele tempo, tinha apenas (Ok) Juhyun noona que já havia atuado em musicais. Eu também já havia pensado “Como devo atuar em musicais?’ Pensamentos sobre estar num palco de musical não ser fácil passaram pela minha cabeça.
Eu nunca pensei que eu estaria em um musical, aquele palco como de um sonho, tantas vezes assim. Eu quero ser bom em musicais. Ao ver os outros membros em musicais, eu pensei “Eu também serei bom.” Eu imediatamente quis participar de um, pensando que nada é impossível. E eu continuei a receber oportunidades. Eu me sinto afortunado por poder fazer “The Moon That Embraces The Sun”.

——————————————————————————————-

Crédito:OhmyStar
Tradução para inglês:kikiikyu
Traduzido, adaptado e compartilhado por Ana @Only KyuHyun Brazil
Não retire sem os devidos créditos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s